Biscoito da Teixeira em segundo lugar entre os doces regionais do Porto

O Biscoito da Teixeira, um doce regional com origem na freguesia homónima do concelho de Baião, ultrapassou outros produtos locais no âmbito do concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal”, ficando classificado em segundo lugar na competição regional do Porto.

O biscoito ficou à frente do Pão-de-ló de Margaride (Felgueiras), o Sarrabulho Doce (Lousada), a Sopa Seca de Valongo (Valongo), as Cavacas de Margaride (Felgueiras), e o Leite-creme (Lousada). Os Jesuítas, de Santo Tirso, conquistaram o título do melhor doce do Distrito do Porto e a passam de forma direta às meias-finais do concurso da televisão pública, explicou a autarquia de Baião.

Apesar de não se qualificar à seguinte fase, ainda há esperança que o Biscoito da Teixeira seja repescado no próximo dia 16 de agosto, quando se realizam as meias-finais do concurso.

No âmbito de uma campanha de marketing promovido pelo Município e pela União de Freguesias de Teixeira e Teixeiró, produziu-se o maior Doce da Teixeira do mundo, que pesava 100 kilos e media 11 metros de comprimento.

A iguaria é muito popular no Norte, particularmente na região do Douro. Apesar da receita simples, é um doce de sabor intenso e que se conserva durante muito tempo.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar