Cientistas debatem na UTAD a transição verde nas regiões do Sul da Europa

A região do Douro estará "presente" no Congresso (Foto AM).

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) recebe, durante dois dias (16 e 17), o 28º Congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional (APDR), subordinado ao tema “Green and inclusive transitions in Southern European regions: What can we do better?”, com organização conjunta do CETRAD da UTAD e da APDR.

Nestes dias, em sessões presenciais e online, cientistas de vários países irão debater como é que as políticas, nomeadamente as políticas regionais direcionadas para a coesão territorial, poderão promover a agenda europeia da transição ecológica de forma inclusiva nas regiões rurais e periféricas do Sul da Europa. Isto de modo a prevenir que se agravem as atuais dinâmicas de crescimento e competitividade territorial divergente e desigual, e para as quais se procuram respostas através do desenvolvimento rural inteligente.

Entre os especialistas convidados contam-se importantes personalidades de universidades e centros de investigação de Portugal, Itália, Reino Unido, França, Itália e Polónia. Como principal enfoque dos trabalhos estará a mais nova estratégia de crescimento da Europa, “The European Green Deal”, onde se definem direções e prioridades para um desenvolvimento económico mais verde e neutro em carbono, na atual e próximas décadas.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar