GNR apreende 3 300 litros de aguardente em Baião

A Guarda Nacional Republicana anunciou a apreensão, na passada sexta-feira, de 3 300 litros de aguardente produzidos numa destilaria ilegal, localizada em Baião, que estariam prestes e ser introduzidos de forma fraudulenta no circuito de comercialização.

De acordo com a força policial, a ação de fiscalização, levada a cabo pela Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal do Porto, teve origem numa denúncia.

Na altura da apreensão, a destilaria encontrava-se em “plena produção” e calcula-se que o valor do imposto sobre produtos alcoólicos não arrecadado ascenderia aos 22 500 euros.

O proprietário, um homem de 68 anos, foi constituído arguido e o equipamento utilizado, nomeadamente um alambique, apreendido.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar