Sugestões AM Para o fim de semana

Foto JNS Fundação Eça de Queiroz

Estamos no outono, mas o verão parece ter regressado, pelo que o fim de semana de 8 e 9 de outubro poderá bem incluir atividades de ar livre e natureza. 

Em Amarante abundam as alternativas, que podem passar por um passeio de bicicleta (ou de skate, ou de patins) na Ecopista do Vale do Tâmega – que recentemente foi distinguida com o Prémio Europeu de Vias Verdes; ou por uma caminhada por um dos percursos desenhados na cidade, sobretudo o da pista de Formão, até porque o Trilho das Azenhas tem algum do seu trajeto interdito. A escolha pode também passar por um dos percursos que a Associação de Municípios do Baixo Tâmega concebeu na Aboboreira ou, se o Marão for a opção, pela PR6 ou pelo Trilho o Marão tem Sangue Azul.

O dia de sábado traz dois bons eventos culturais. O Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso (MMASC) inaugura, às 16:00, a exposição “Pinturas Partilhadas”, que junta dois nomes muito mediáticos: o cineasta Pedro Almodóver e Jorge Galindo. Integrada no Programa da inauguração, mas uma hora antes, haverá uma performance de Luísa Mota. Feita a inauguração da mostra, terá lugar uma atuação musical de Su Garrido.

À noite, a Igreja de S. Pedro abre-se para um concerto da Orquestra do Norte.

No domingo, às 18:00, há cinema na sala Teixeira de Pascoaes, onde o Cineclube de Amarante vai passar “O Paraíso, Provavelmente”, uma comédia de Elia Suleiman, para maiores de 12 anos.

Aqui ao lado, em Felgueiras, a Igreja de Sousa acolhe um recital de poesia e música promovido pela Rota do Românico, enquadrando-se aquele evento no projeto EEC PROVERE Turismo para Todos: Valorização, dinamização e promoção turística da região.

O Douro continua a ser uma ótima opção para um passeio de fim de semana. Em Baião realiza-se, no domingo, a partir das 11:30 e até às 17:00, o Grande Prémio de Motonáutica, prova integrada no Campeonato do Mundo de Fórmula 2 e que terá como cenário a albufeira da Pala.

Se esta for uma opção a considerar, e se se quiser juntar gastronomia, em Baião tem fama o anho assado com arroz do forno (a lenha). Na vila, serve-se na Pensão Borges. Muito apreciado é, também, o da Fundação Eça de Queiroz, em Tormes, Santa Cruz do Douro.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar