Turismo: influenciadores e jornalistas visitam Douro e Tâmega e Sousa

No Douro, Arêgos e Fundação Eça de Queirós serão dois locais de visita (Foto AM).

A região do Douro, Tâmega e Sousa vai acolher este fim de semana, dias 5 e 6, a visita de uma comitiva de jornalistas e influencers da área do turismo. O programa, de dois dias, contempla visitas a projetos turísticos, públicos e privados, situados em concelhos classificados como de baixa densidade e financiados no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE (Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos) – Turismo para Todos, liderada pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa).

Esta visita tem como principal objetivo dar a conhecer projetos turísticos em concelhos de baixa densidade e ajudar ao aumento da atratividade e competitividade da região, através da promoção turística.

A Estratégia de Eficiência Coletiva – Turismo para Todos é um projeto intermunicipal de valorização, dinamização e promoção turística da região, assente na natureza, no património cultural, na gastronomia, no enoturismo e no turismo de saúde e bem-estar. 

Integram esta Estratégia cerca de 300 projetos na área do turismo, dos quais mais de duas dezenas são públicos e os restantes promovidos por entidades privadas, num investimento que ascende a aproximadamente 150 milhões de euros. A Estratégia engloba os concelhos da CIM Tâmega e Sousa e ainda os municípios de Arouca e de Vale de Cambra, que, embora pertencentes à Área Metropolitana do Porto, são considerados territórios de baixa densidade e, por isso, enquadrados nos territórios-alvo do PROVERE. 

No Tâmega e Sousa, são considerados territórios de baixa densidade os municípios de Baião, Celorico de Basto, Cinfães e Resende e ainda algumas freguesias dos concelhos de Amarante, Castelo de Paiva e Marco de Canaveses.

A organização desta visita está a ser desenvolvida em estreita articulação com a Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Norte, entidade responsável pela gestão do Programa Operacional Regional do Norte – Norte 2020. De referir que Estratégia de Eficiência Coletiva – Turismo para Todos é cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar