“Ver do Bago” em Baião e no Norte Shopping até 25 de junho

"Ver do Bago" continua em Baião mas "dá um salto" ao Norte Shopping até 25 de junho (Foto RR).

A Rota do Românico é a protagonista e coautora de uma viagem em três etapas em que o território é a ideia e a cultura o instrumento, propondo um ciclo de três exposições que celebra a relação material e simbólica entre a vinha e a paisagem cultural e humana dos vales do Sousa, Douro e Tâmega. 

Ver do Bago nos Mosteiros está em exposição no Mosteiro de Santo André de Ancede, até setembro, mas leva à cidade, até 25 de junho, na Praça Central do NorteShopping, em Matosinhos, uma instalação que recria algumas das passagens expostas em Baião. A entrada é gratuita.

A primeira exposição deste ciclo, chamada “Ver do Bago nos Mosteiros”, abriu ao público em maio e convida, a partir do Mosteiro de Santo André de Ancede, em Baião, a celebrar um verdadeiro brinde entre Deus e os Homens em torno do diálogo entre escultura, pintura e arqueologia, propondo a todos um roteiro interpretativo que evidencia a importância que a cultura da vinha e o consumo do vinho tiveram em todos os momentos da vida destas gentes. 

Agora, no NorteShopping, a instalação, composta por peças que convidam a participar em experiências interativas imersivas e à leitura de conteúdos históricos, científicos e literários, explora a ancestral relação entre o vinho e a arte no território da Rota do Românico. A peça central da exposição será “O Códice”, um livro de grandes dimensões, com vídeo mapping interativo, e a ela juntam-se, também, peças escultóricas que remetem para as experiências sensoriais e painéis informativos para transmitir os conteúdos.

O desafio é que depois da exposição no espaço comercial, o público se entusiasme para ir ao Mosteiro. Ali, em Baião, através do mergulho em quatro espaços expositivos totalmente distintos (o Rio; o Mosteiro; a Adega; e o Lagar), descobriremos peças preciosas, como o tesouro nacional que é o tríptico de São Bartolomeu, só exposto há quase um século (Exposição do Mundo Português, anos 40 do século XX), e experimentaremos duas verdadeiras experiências imersivas.

O projeto “Ver do Bago” é cofinanciado pelos 12 Municípios que integram a Rota do Românico e pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, no âmbito da operação “O Vinho, a Arte e os Homens”. Conta com o apoio da Diocese do Porto, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, da Direção Regional de Cultura do Norte, do Turismo do Porto e Norte de Portugal, entre outras entidades.

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar