Amarante: Casa da Juventude incentiva participação nas eleições europeias

Foto: AMC.

O Aventura Marão Clube, através da Casa da Juventude de Amarante (CJ Amarante), lançou uma campanha para promover a participação nas eleições para o Parlamento Europeu em 2024. 

“O Aventura Marão Clube (AMC), através da Casa da Juventude de Amarante (CJ Amarante), está cada vez mais comprometido com a qualidade da informação que chega aos jovens e com a sua participação na vida democrática”, lê-se em nota de imprensa daquela associação.

E é assim que o AMC é o parceiro português do projeto “Leave your mark! (Deixa a tua marca!)”, liderado pela InformaGiovani (Itália) em conjunto com mais 10 parceiros de 9 países europeus (IT, CZ, ES, GR, FR, NL, PL, PT, RO). Este projeto é financiado pelo Programa CERV (Cidadãos, Igualdade, Direitos e Valores) e responde também a um dos objetivos do AMC no âmbito da sua estratégia para a CJ Amarante ao promover a cidadania e o papel da Educação Não Formal como ferramenta educativa junto dos jovens.

Esta iniciativa contempla atividades de informação e formação e uma grande campanha de promoção das eleições para o Parlamento Europeu, que terão lugar no próximo mês de junho. Esta campanha está ativa até 31 de maio e é especialmente dirigida aos jovens percorrendo diversas cidades portuguesas (Amarante, Marco de Canaveses, Vila Real, Figueira da Foz).

São momentos-chave da campanha: 

– Campanha (teatro, jogos, info) realizada por voluntários do Corpo Europeu de Solidariedade. 

– 18/05: Conversa com a Divergente sobre “A bomba-relógio da abstenção”. 

– 31/05: Lançamento do vídeo promocional DEIXA A TUA MARCA. 

O Programa CERV pretende proteger e promover os direitos e valores consagrados nos Tratados da UE e na Carta dos Direitos Fundamentais, bem como nas convenções internacionais em matéria de Direitos Humanos e visa apoiar e contribuir para um maior desenvolvimento de sociedades abertas, democráticas, justas e inclusivas, baseadas no Estado de direito.

“Ao apoiar as organizações da sociedade civil ativas a vários níveis, o CERV visa, assim, promover o desenvolvimento de uma sociedade civil dinâmica e autónoma, que incentive a participação democrática, cívica e social dos seus cidadãos e cultive a diversidade da sociedade europeia com base em valores, história e memória partilhados”, considera o AMC. 

CONTINUAR A LER

Deixe um Comentário

Pode Também Gostar